Os clássicos que não li

literatura-cultura

“Na madrugada você sonha. Com moinhos de vento nunca lidos”. André Valença

Tempos atrás li um artigo bem bacana em que várias pessoas ligadas ao mundo da literatura falavam sobre os clássicos que não tinham lido. Alguns, inclusive, aproveitaram a entrevista para fazer um mea culpa admitindo terem fingido ter lido obras clássicas. Gostei dessa brincadeira e resolvi fazer uma lista com os clássicos que não li e nem pretendo ler 😉

10 clássicos que não li e nunca lerei

1 – O cortiço, Aluísio de Azevedo

2 – Ulysses, James Joyce

3 – Capitães da Areia, Jorge Amado

4 – A divina comédia, Dante Alighieri

5 – Os lusíadas, Luís de Camões

6 – Macunaíma, Mário de Andrade

7 – Ilíada, Homero

8 – A dama das camélias, Alexandre Dumas

9 – Por quem os sinos dobram, Ernest Hemingway

10 – Os trabalhadores do mar, Victor Hugo

E tu, me conta, qual clássico que não leu e nem pretende ler 😉

 

14 thoughts on “Os clássicos que não li

  • 4 de June de 2013 at 10:44
    Permalink

    Nossa! Eu finjo bastante também. Muito embora, às vezes, eu saiba mais do livro que não li do que aqueles que li… Da sua lista poucos estão na minha lista de lidos, até agora só li Capitães da Areia e A Dama das Camélias e os outros, talvez num dia bem distante…

    Reply
  • 4 de June de 2013 at 11:16
    Permalink

    Alguns dessa sua lista eu li e gostei (O Cortiço e A dama das Camélias), um outro li e não gostei (Macunaíma), outros tentei ler e desisti (Os lusíadas, A divina comédia) e tem alguns que gostaria de ler (Capitães da areia e Por quem os sinos dobram). Dos restantes, prefiro manter distância, obrigada 😉
    bjo

    Reply
  • 4 de June de 2013 at 19:06
    Permalink

    Aff que a minha lista é grande, dos que não li e dos que não tenho vontade de ler, e nem ligo mesmo, pode ser que algum dia essa vontade venha, comparando com a sua lista não tenho vontade nenhuma de ler: A divina comédia, Ulysses, Os lusíadas (estudei tanto no 2º grau isso que nem me animo), Ilíada, Por quem os sinos dobram, e esse que nem conhecia: Os trabalhadores do mar, Victor Hugo.

    Na época do colégio li: Macunaíma, Capitães da Areia, um saco.

    Não tenho vontade de ler nada do Shakespeare por exemplo.

    Reply
  • 13 de June de 2013 at 18:17
    Permalink

    Nossa, morro de vontade de ler Ulysses, A divina comédia e Macunaíma.
    Da tua lista já li Ilíada e Por quem os sinos dobram e gostei de ambos. Pretendo reler O cortiço, porque na faculdade falam tao bem que quero descobrir o que deixei passar no Ensino Médio 🙂

    Já Os Lusíadas eu quero distância, ô livro chato, credo! Só fui até o Tomo V por conta do vestibular…

    E sabe que nunca pensei os livros que não quero ler.

    Reply
    • 21 de June de 2013 at 18:44
      Permalink

      Oi @Dani, aí está a lindeza da literatura, né? O que inspira e encanta uns, não diz nada a outros. Macunaíma eu comecei a ler e desisti, não tive paciência, espero que para ti seja uma experiência melhor 🙂

      Reply
  • 8 de July de 2013 at 19:38
    Permalink

    Da sua lista tentei ler O Cortiço, Os Lusidas e A divina comedia.
    O cortiço eu fingi, pulei folhas, e não me arrependo. Odiei o final.
    Os lusiadas, eu passo, eu passo!
    A divina comedia: Atualmente estou lendo “comer, rezar, amar”, e essa leitura descobri que a língua italiana se fez inspirada, não através do dialeto dominante ou mais rico, e sim no livro de Dante justamente “A divina Comedia”, que por sua vez, causou o maior auê ao publicar um livro não em Latim, mas no dialeto usado nas ruas. – Eu fiquei meio que “AAAh ese livro merece muito ser lido”.
    Quem sabe um dia né!?

    Bjs >.<

    Reply
    • 29 de July de 2013 at 20:23
      Permalink

      Oi, @Dy, não sabia essa história sobre a Divina Comédia, adoro conhecer esses detalhes 🙂
      estrelinhas coloridas…

      Reply
  • 14 de August de 2013 at 06:38
    Permalink

    1. Macunaíma – nenuma vontade
    2. Os Trabalhadores do Mar – idem
    3. A Dama das Camélias – idem
    4. Dom Qioxote – muita vontade
    5. Moby Dick – muita vontade

    Lindo o seu blog.

    Reply
    • 21 de September de 2013 at 11:50
      Permalink

      Olá, @Ygor Raduy, fecho contigo na vontade de ler Dom Quixote e Moby Dick.
      Obrigada pela visita e pelo gentil comentário 😉

      Reply
  • 28 de August de 2013 at 17:13
    Permalink

    Por incrível que pareça minha meta é ler os clássicos em 2014, mas sei que vou topar com alguns chatos ou insuportáveis. É inevitável.
    Depois digo quais não li e nunca tentarei novamente ler.
    De antemão tenho a Escrava Isaura. Insuportável!

    Reply
    • 21 de September de 2013 at 11:53
      Permalink

      Oi, @Anderson Reginaldo, E aí como andam as leituras dos clássicos? Eu também detestei Escrava Isaura, muito chato hehehehe
      Sabe que a despeito dessa listinha eu adoro os clássicos, mas é bem como tu disses, impossível não topar com os detestáveis.
      Obrigada pela visita e pelo gentil comentário 😉

      Reply
  • 29 de November de 2015 at 22:54
    Permalink

    E desde quando “Capitães de Areia” é um clássico?

    Reply
    • 4 de December de 2015 at 07:22
      Permalink

      Olá, @Eduardo, incluir Capitães de Areia como um clássico foi uma escolha bastante subjetiva e, como tal passível de contestação. Contudo, devido a relevância de Jorge Amado para a literatura brasileira contemporânea acredito que ele possa sim, figurar como clássico.
      Obrigada pela visita.

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *